Outubro mês do Santo Rosário

03/11/2012 11:11

“O Santo Rosário é um penhor de vitórias futuras”.

       A temporalidade e suas características têm trazido um contexto iminente de contra-valores cada vez mais ruidosos, impedindo o cristão de exprimir convicções religiosas.

       É muito importante, pois, corrigir a visualização dos problemas do mundo moderno, para não perder tempo com soluções vãs e enganadoras.

       Nossa Senhora quer obter para a cristandade grandes vitórias contra os inimigos da Igreja. Então, pode-se legitimamente concluir que pela devoção do rosário, a qual certamente deverá durar até o fim dos tempos, que o mundo deve melhorar contanto que a humanidade atenda ao chamado de rezar o terço mais e mais.

No que consiste o rosário? Como deve ser rezado?

       Tal como foi inspirado por Nossa Senhora a São Domingos de Gusmão, em 1208, num dia em que rezava fervorosamente, pede a intervenção da Santíssima Virgem e pela a conversão dos hereges. O Rosário é a soma de três Terços, portanto, de 15 mistérios ou 15 dezenas, o que equivale a 150 Ave-Marias, em lembrança dos 150 Salmos.

       Os 15 mistérios correspondem aos principais acontecimentos da vida, paixão, morte e ressurreição de Nosso Senhor e aos principais acontecimentos da vida de sua Santíssima Mãe.

Orações que compõem o Rosário:

  • Credo – O Credo é a oração da Igreja que contém o resumo das principais verdades cristãs.
  • Pai-Nosso – O Pai-Nosso composto pelo próprio Jesus Cristo e apresentado aos apóstolos como modelo da oração a ser feita ao Pai Eterno.
  • Ave-Maria – Sem dúvida, a Ave-Maria é uma das mais belas orações. Composta pelo Arcanjo São Gabriel no momento em que saudou a Virgem Maria.
  • Glória – Trata-se de uma glorificação da Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).
  • Lembrai-vos – Eleva a alma à confiança sem limite na intercessão de Nossa Senhora.
  • Salve-Rainha – Ao final do Rosário ou também de cada Terço, reza-se a Salve-Rainha, uma das orações mais sublimes, composta por mão humana.

     

       Levado por essa força sobrenatural, da exortação da Santíssima Virgem em Fátima aos três videntes: “eu sou a Senhora do Rosário. Quero que continuem a rezar o terço todos os dias”.

       Diante de tão bela devoção, conclui-se que o homem não pode viver sem a proteção e o amor de Nossa Senhora, mãe de Deus e nossa. 

 

Escrito por Nenê